Home Uncategorized Alagoas recebe 3ª remessa de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira (25)

Alagoas recebe 3ª remessa de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira (25)

Alagoas recebe 3ª remessa de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira (25)
0

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, anunciaram, durante entrevista coletiva, que Alagoas recebe mais um lote de vacinas contra a Covid-19 na tarde desta segunda-feira (25). São 12.500 doses da CoronaVac, que serão utilizadas na continuação da campanha de imunização dos profissionais de saúde, priorizando aqueles que lidam na linha de frente do combate à pandemia.

“O primeiro envio do Ministério da Saúde foi para que imunizássemos 34% dos profissionais de saúde. Nós o fizemos perto disso. Recebemos 87 mil doses, distribuímos 43 mil, incluindo indígenas e idosos em abrigos de longa permanência, e já vacinamos mais de 16 mil pessoas até ontem. Hoje, isso deve crescer para algo em torno de 20 mil. Estamos vacinando rapidamente”, avaliou Renan Filho. A entrevista coletiva foi realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, na manhã desta segunda-feira (25).

O voo que traz o terceiro lote de vacinas a Alagoas – o segundo da CoronaVac – está previsto para chegar ao Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares às 14h desta segunda-feira (25). Segundo o governador, as 12.500 doses que serão recebidas pelo Estado fazem parte do lote inicial de 900 mil envazadas pelo Instituto Butantan, de um total de 4,8 milhões, que serão entregues pelo Ministério da Saúde aos Estados brasileiros.

“A distribuição vai se dar da mesma maneira que antes: vamos entregar aos municípios o quanto antes. A expectativa é que recebamos hoje à tarde, então, amanhã (26), já estaremos distribuindo. Vamos seguir com o mesmo público, vacinando os profissionais de saúde e, até amanhã, avaliaremos se a gente amplia aos grupos de idosos”, disse Renan Filho, ressaltando que o Brasil precisa enfrentar o desafio de intensificar a produção nacional de imunizantes.

O primeiro lote da  CoronaVac, com 87.760 doses, chegou a Alagoas no dia 18 de janeiro. Deste total, 25.130 doses foram entregues pelo Governo do Estado, na semana passada, aos 102 municípios alagoanos. A divisão ocorreu de forma equânime, com base em um cálculo que seguiu a representatividade dos trabalhadores da saúde de cada uma das cidades. Já haviam sido vacinados até , com a primeira dose da CoronaVac, 16.409 profissionais da saúde em todo o estado.

Na madrugada de domingo (24), mais um lote de vacinas, desta feita da Oxford/Astrazeneca, chegou a Alagoas. As 27.500 doses deste imunizante terão como prioridade a aplicação em idosos a partir dos 85 anos de idade. A distribuição começa nesta terça-feira (26). “São os idosos que correm o maior risco de morte e são eles também que forçam a capacidade hospitalar dos Estados. Os países que iniciaram a vacinação de idosos já apresentam grandes resultados, a exemplo Israel, que já teve uma forte queda de mortes e de internação de pessoas no pós-vacinação”, justificou.

“Nós temos seguido o cronograma de vacinação. A nossa expectativa é que o Ministério da Saúde aumente o encaminhamento dos imunizantes para que a gente possa rapidamente distribuir. Os municípios têm colaborado bastante e demonstrado essa parceria e esse interesse para que a gente leve, de maneira célere, as vacinas aos cidadãos alagoanos”, acrescentou Alexandre Ayres.

Carnaval e volta às aulas

Sobre as festividades carnavalescas, o governador disse que não há espaço para a realização eventos desta natureza em Alagoas, tendo em vista o risco de se elevar a propagação do novo coronavírus no estado.

“Eu vou reunir aqui o grupo de acompanhamento da Covid-19 em Alagoas e discutir com a sociedade, mas não é momento de aglomerar pessoas. Não tem espaço para ter bloco (carnavalesco) esse ano, infelizmente. Se houvesse, seria um momento de propagação de Covid. Agora a gente precisa imunizar a população”, ponderou.

Acerca da volta às aulas, o governador afirmou que após a vacinação dos profissionais de saúde e dos grupos de idosos, o Estado pretende promover a vacinação dos profissionais da Educação com o objetivo de iniciar o ano letivo da rede pública em março, seguindo os protocolos sanitários.

“O Estado está programado para voltar em março, na semana após o Carnaval, entretanto vamos avaliar até lá como estarão a campanha de imunização e a própria pandemia para que a gente possa garantir o retorno seguro a alunos, professores e aos demais profissionais da educação”, observou.

Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
Felipe Brasil
*fonte:agenciaalagoas