No Banner to display

Home Geral Alagoas ALFREDO GASPAR E DEPUTADOS CRITICAM FALA DE ANTONIA FONTENELLE SOBRE ALAGOAS

ALFREDO GASPAR E DEPUTADOS CRITICAM FALA DE ANTONIA FONTENELLE SOBRE ALAGOAS

ALFREDO GASPAR E DEPUTADOS CRITICAM FALA DE ANTONIA FONTENELLE SOBRE ALAGOAS
0

A polêmica envolvendo a briga do ator Henri Castelli, ocorrida em Alagoas no dia 30 de dezembro, chegou aos patamares políticos após a atriz Antônia Fontenelle falar mal do Estado, afirmando para os turistas terem cuidado ao visitar o Estado.

Após uma série de denúncias da fala da artista, uma vez que pode caracterizar crime de xenofobia, o Instagram bloqueou o perfil de Fontenelle, por violação de diretrizes. Em suas redes sociais, ela informou que estaria indo para o youtube. “Não satisfeitos, deram uma travada no meu perfil. Ok. Vou para o Youtube”, escreveu.

A fala da artista gerou indignação em Alagoas. O Secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar, chamou a artista de subcelebridade. “É lamentável que tenhamos que assistir determinadas subcelebridades se referindo com tamanho preconceito e falta de respeito aos alagoanos. Não somos um povo desordeiro, somos um povo de paz, a única coisa que pedimos é respeito”, afirmou Alfredo Gaspar.

O Secretário ainda respondeu a fala de Fontenelle, após ela dizer “não vou cobrar nada aos aborígenes, os criminosos, que fizeram essa barbárie com o meu amigo, porque já são pessoas condenadas. Mas eu vou cobrar uma posição da Secretaria de Segurança de Alagoas, das autoridades de lá, porque não é possível que as pessoas saiam de suas casas para fazer turismo, para se divertir ou para descansar, para ter um momento de lazer, e tenham que passar por isso”, disse ela.

Em resposta, Gaspar lamentou o ocorrido com Henri Castelli. “Lamento o ato de violência sofrido pelo ator Henri Castelli em nosso estado, assim como lamento e repudio ato de agressão que ocorra contra qualquer cidadão, seja famoso ou não”, afirmou Alfredo Gaspar.

Outro que criticou as falas de Fontenelle foi o deputado Estadual Davi Maia. “Cobrar segurança, investigação e punição dos envolvidos é o mínimo esperado. Mas não se pode condenar e generalizar o povo alagoano por causa de um ato isolado. Ela deve um pedido de desculpas a Alagoas”, disse o parlamentar.

A deputado Cibele Moura também tratou do assunto, afirmando que Fontenelle foi extremante infeliz em sua fala, ao ao generalizar o povo de Alagoas como violento. “Respeite Alagoas”, falou a deputada.

 *fonte:jaénoticia